Bio em Português

Cláudio Mascarenhas, baixo-barítono, nato no Rio de Janeiro, onde fez sua estreia operística no Conservatório Brasileiro de Musica como Masetto (Don Giovanni). Logo seguido de Mandarino (Turandot), neste período chamou atenção de jornalistas que o renderam criticas como "a maior promessa do canto lirico carioca."

Em 1997, Cláudio foi aceito pelo programa Danish Free Education que subsidiou seus estudos na Europa. Subsequentemente, recebeu bolsa de estudos oferecida pela Opera Ebony em Nova Iorque. Neste mesmo período recebeu um premio da fundação dinamarquêsa da Rainha Margarethe e do Príncipe Henry.

Cláudio se apresenta frequentemente em Nova Iorque, onde foi chamado "a powerful voice and a powerful presence" por sua representação de Zuniga (Carmen) com Regina Opera, um papel também apresentado com One World Symphony. Ele também recebeu louvor sobre sua interpretaçao de Belcore (L'Elisir D'Amore) com Regina Opera, o papel de Scarpia (Tosca) com Opera Company of Brooklyn, a primeira apresentação de cenas da nova opera brasileira Tamanduá, e o papel de Samuele (Un Ballo In Maschera) numa produção da legendaria soprano, Martina Arroyo.

Compromissos recentes includem o papel de Scarpia (Tosca) com OperaLancaster e tres concertos no Rio de Janeiro, Brasil. Os dois primeiros, realizados no Centro Cultural Justiça Federal e no Parque Das Ruinas, fazem parte do programa de música brasileira clássica, "Musica no Museu.” O último concerto foi realizado no Teatro Armando Gonzaga (Funarj). Anterior   

Também como ator tem múltiplas aparições, incluindo "La e Cá," o premiado "Como Ser Solteiro," e o papel do lutador Sagat da serie web "Street Fighter: The Later Years." Em 2010, foi nomeado  como um dos 100 Brasileiros que conquistaram Nova Iorque. Reportagem expressada pela revista Vogue Brasil.

Cláudio mora em Nova Iorque onde estuda com David Jones e Audrey St. Gil.

Comments